quinta-feira, setembro 25, 2008

Homens e bichos (X)


Maria: Sabes, vi um filme em que uma mulher ama um homem mau, ela sabe que ele é assim e que nem sequer lhe promete mudar. Eu não era capaz de amar um assassino.
João: Andas a ver filmes estranhos.
Maria: Mas era capaz de amar um homem mau que quisesse deixar de o ser, um assassino que se quisesse recuperar, que quisesse mudar.
João: Pois, pois, compreendo.
Maria: Tu não és mau nem és bom
João: Eu? Mas o que é que eu tenho a ver com esse filme?!
Maria: Tens, tens. Descobri que não te amo, espera, vou traduzir para ti: descobri que não gosto de ti.
João: Não estou a perceber nada do que dizes. O que queres afinal?
Maria: Quero ir-me embora, deixar-te finalmente!
João: Mas assim sem razão nenhuma? Não há nada que eu tenha feito, não estou a ver o porquê desta tua atitude agora.
Maria: descobri, descobri-me! Deixei de ser a menina que ia contigo à procura de tesouros!

~CC~



5 comentários:

JvT disse...

Andas a ver filmes estranhos!

CCF disse...

Bem parecidos com uns que me emprestas :)
Bom fds
~CC~

deep disse...

Talvez isso aconteça porque começamos a procurar tesouros diferentes... ou a vê-los de outra forma. (?)

Bom fim-de-semana... com muita luz, para os vampiros não terem a tentação de se aproximarem. :)

Maria, Simplesmente disse...

Por vezes é num segundo que vemos claramente!
Bfs
Maria

Girafa cor de rosa disse...

Eu concordo com o JVT...andas a ver filmes estranhos, mas valeu a pena porque surgiram diálogos bem engraçados :-))!!