domingo, setembro 14, 2008

A escola

O regresso à escola acontecia dentro de uma saudade violenta que ocorria depois de quase três meses de férias. Tudo já se tinha feito ao tempo e a chegada de um entardecer mais frio era o aviso de que a vida ia mudar. Mais do que os cadernos, os livros, o regresso da rotina e da regra, o que nos trazia alegria era a ideia de que os amigos da escola estavam à nossa espera no mesmo lugar onde há pouco tempo os tínhamos deixado.

Agora, com AF., descobri que pode já não ser assim, ao fim de um ciclo de ensino, uma turma pode ser desfeita sem que se tenha que dizer porquê. No final da escola primária foi a dolorosa e difícil escolha de "seis amigos com quem ir" e agora no final do 2º ciclo não há nem deixa de haver escolha, constata-se pela pauta que a turma se desfez. Alguns amigos estarão à espera e outros deixarão de estar, sem que as crianças e os jovens tenham tido sobre isso algum controle, o que é bem diferente de uma amizade se poder desfazer naturalmente ou por força de circunstâncias compreensíveis. A esta interrogação que temos sobre o que a escola faz, alguns chamarão a perigosa intromissão dos pais na educação. Não me parece, eu sou também da escola, e mesmo que não o fosse hoje, já tinha sido um dia, todos o fomos, a escola é de todos.

Pergunto também pela minha saudade, ela chega-me atenuada e creio saber porquê, as férias foram demasiado curtas para poder sentir muita vontade de voltar. No entanto, há dentro de mim ainda deslumbramento pelo que faço, é um brilho que vou encontrando à medida que o ano avança e sei quanto pode ser intenso.

Mas por estes dias penso sobretudo em S e em L que começam o 2º ciclo, penso no que sentirão face à enorme mudança que chega à vida delas e penso em AF que começa o 3º Ciclo e cujo horário só lhe deixa duas manhãs livres. Por estes dias penso nestas crianças crescidas, nestas minhas crianças.
~CC~

1 comentário:

deep disse...

Os horários estão, actualmente, tão sobrecarregados que não deixam às crianças tempo para serem crianças... Os professores, por sua vez, estão tão preocupados com papéis que não lhes resta tempo para serem professores!

Bom domingo :)