domingo, maio 23, 2010

A sua pele

É assim a sua pele. Nas cicatrizes, nas rugas, nas dobras do tempo, na antecipação da morte há ainda um não, um sonho a infiltrar-se, são as pequenas ervas a gritar vida. Há quem ame, há quem a ame até ao momento derradeiro.

~CC~

2 comentários:

via disse...

as rugas do corpo são ainda belas, as da alma é que nem por isso.

legivel disse...

... a vontade de viver é uma coisa difícil de descrever. Mas a vontade de matar a quem ainda deve viver, pior ainda.

Neste país, à pala de argumentos sórdidos, cada vez se matam mais árvores.