quarta-feira, setembro 30, 2009

O Senhor...

Cada um analisa e interpreta com os olhos que tem. E os meus, têm, inevitavelmente uma lente profissional. Na vida quotidiana até não sou muito assim, de andar a puxar pelo canudo para olhar para dentro das pessoas que me rodeiam. Mas com os políticos sim. Por isso há muito que o homem a que chamamos presidente me parece uma pessoa frágil. Nada de mais, muitos somos assim e cá nos aguentamos. Não temos é cargos com este peso, que exigem uma saúde mental de ferro, ou se quiserem, bons alicerces.

Há entre nós consenso quanto a esta mania de que se está a ser perseguido, quanto a esta desconfiança permanente face aos outros, quanto a este modo de se colocar no centro do mundo, quanto a este modo de agredir quando somos postos em causa. Eu bem disse que o divã do psicanalista é uma coisa que faz falta. E aí a escuta é bem vinda. Tenho, por isso um conselho, diminua o número de assessores das suas duas casas e aproveite a verba para arranjar quem o realmente o possa ajudar. A Democracia agradece.
~CC~

2 comentários:

CristinaGS disse...

é bom o teu conselho, mas parece-me que ele é um pouco inepto nestas coisas da net e não deve frequentar blogs ;)

O Puma disse...

A coisa está preta

neste ninho de ratos