terça-feira, outubro 07, 2008

Dia(s) II

Na minha ausência aconteceu qualquer coisa estranha na minha casa. Está ali uma alfarrobeira pequenina que insiste em dirigir-me a palavra. Perguntei-lhe porque veio para aqui e respondeu que foi para me fazer companhia. Expliquei-lhe que estava bem sozinha, que não temo a solidão e que para calor, por ora, me bastava o do sol. E disse-lhe que desde a história do principezinho que já foi há muito, muito tempo atrás...que não há plantas a falar com pessoas, que aliás isso está completamente fora de moda, até nas histórias infantis. Não tive êxito com o reparo nem com a minha arrogância, ela respondeu que eu achava que me conhecia muito bem a mim própria mas se calhar não me conhecia assim tão bem.
Fiquei a pensar.

~CC~

5 comentários:

Mar Arável disse...

As alfarrubeiras costumam ser assim

Gostei particularmente da sua

Girafa cor de rosa disse...

Está fora de moda falar com plantas? Então eu estou completamente "off". Assim, ela fica triste!:-). Vim aqui expressamente, para dar uma boa nova...fui colocada...em terras do Sado! Fui ontem a Setúbal e perdi-me!!! Mas o tal café (há muito anunciado:-) pode perfeitamente acontecer à beira do Sado, se quiseres, contacta-me, lá no meu cantinho está um e-mail. Beijos, fica bem.

Maria, Simplesmente disse...

Nunca nem nós nem ninguém, nos pode conhecer profundamente.
As alfarrubeiras também pensaram, um dia, que me conheciam. Enganaram-se.
Maria

sem-se-ver disse...

(vai ficar-me mal, eu sei, mas desculpem lá, além de professora vivo no Algarve e... é alfarrobeira)

para além deste pormenor, e peço de novo desculpa, não foi minha intenção ofender,

adorei o post :-)

CCF disse...

Alfarrobeiras ou alfarrubeiras? Sem se ver (eu cá não me zanguei nada) está com a ortografia do primeiro termo...e eu também, mas isso pode ser uma espécie de alma algarvia a influenciar-nos(a minha mãe é olhanense)...bom, ainda nos resta confirmar pelo dicionário...ou será que as que falam têm por lá outro nome?

Girafa, que boas notícias!!! Mas no teu blogue não encontrei o mail, deixo-te o meu: cibelefster@gmail.com

Abraços
~CC~