quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Longe e perto

Ontem ela entrou numa igreja muito antiga e bela no coração da cidade e rezou com as amigas, confessando depois que não sabia muito bem rezar. Rezou ao Deus que há nela. Rezou ao Deus que habita todas as coisas que sentimos belas e boas. Importante é falar a alguém, juntar mais uma voz à nossa, acrescentar mais um abraço.

Amanhã também eu rezarei nas ilhas negras do Atlântico com o coração oscilante, por um lado partir e deixar o meu corpo seguir no ritmo das mornas e por outro ficar perto de ti, dele, desta luta. Transporto-vos comigo diluídos no meu sangue, por dentro da minha pele, memória constante.

Não estarei aqui por estes dias a escrever esperança e esperança para que de tanto a riscar na ardósia ela torne verdade o que desejo, mas escreverei na areia junto ao mar, nas pedras negras que encontrar, no calor do ar.

Estarei longe mas perto.
Até...
~CC~

8 comentários:

Carla disse...

então boa viagem e que o regresso seja rápido e com tons de esperança

marta disse...

Tenho sempre pena quando partes, hoje mais, porque te deixei um desafio que tenho a certeza ias gostar

mas sempre o podes fazer quando voltares

Boa-viagem e bom regresso.

isabel mendes ferreira disse...

eu estou perto.


sempre.


.
pARa te recolher.

nas palavras.


no longe que a distância daqui aproxima.


e gosto tanto...


______________de te ler.



beijo de bom dia 14.

Anónimo disse...

é esse um poder que queremos que aconteça, mas não e da ordem do templo, é da magia mais arcaica, mais antiga , e no entanto não há nem nunca houve lembranças. É um tempo mítico que procuramos.... cordialmente

Alba disse...

Tenho a certeza de vais trazer muitas, muitas estórias de encantar. Bom regresso :)

O Puma disse...

Fico à espera

isabel mendes ferreira disse...

perto.


espero!



bjj.

Mar Arável disse...

Bom regresso

e que a viagem

lhe traga boas memórias