quarta-feira, fevereiro 27, 2008

As palavras



Pedes que escolha doze para a corrente. Escolho-as por causa da palavra corrente de que gosto, escolho-as porque pedes palavras, coisa que toca os lábios e foge para o mundo, coisa de que gosto. O significado das minhas palavras não vem no dicionário, a não ser que exista um dicionário de sentidos, toma-as. Peço-vos queridos amigos, sem vos nomear, que agarrem a corrente se por ela se deixarem tocar.


Almar, porque é o lugar em que nasci. Em que se calhar todos nascemos, mas há uns que não sabem, outros nunca irão mesmo descobrir.

Alice, porque é onde a fantasia encontra o amor .

Água, porque é a matéria de que são feitos os rios que vão a cair para o mar infinito.

Crespúsculo, porque é a hora da visita dos Deuses.

Amantes, porque a sua intensidade explode vida.

Pequenino, porque tenho a memória da sua aplicação doce.

Beijo, porque por ele se vê tudo.

África, porque choro por ela e a amo e a detesto e não sei que fazer a este continente agarrado a mim.

Chá, por ser o lugar onde as ervas me fascinam.

Pele, pelo muito que ela fala.

Pessoas, porque a sua natureza é uma teia de mistério.

Poesia, porque o seu vasto e complexo lume ilumina o mundo


~CC~
Nota: também a Marta me tinha deixado este desafio que tardei a ver, obrigado por um pedido tão saboroso.

3 comentários:

clo disse...

Adorei estas suas palavras
obrigada por tê-las partilhado.

Clo

Profanus disse...

então aqui está algo de sagrado! apanho a corrente , apanho .... e fico mudo com o dicionário...
Almar, correntes
Quem nasce em almar , nasce com os deuses decentes
Tanto gostei , da magia !
um abraço na corrente mais do que poeta , mágica .....

isabel mendes ferreira disse...

levo África.



porque me tocou especialmente.



!!!