quinta-feira, janeiro 17, 2008

No tempo das princesas sós (II)


O Hipiricão deve colher-se no pino do Verão.


Assim são também os princípes flor, tão louros e com olhos tão azuis que parecem saídos dos contos de fadas. Este era o homem jovem que vivia entre as princesas, o rapaz que ao contrário dos outros não tinha escolhido engenharia mas sim educação. Preferia ser chamado só princípe, não fora Hipiricão ser o seu primeiro nome. O seu maior dom era a forma como o violino lhe respondia quando falava com ele.


Aos risos doces e loucos de Perpétua (roxa) e de Tília juntavam-se os de Lucilima e de Rosa(brava). Lucilima era tão loura e tão branca que seria uma fada não fora ser também redonda como uma lua cheia. Rosa era tão pálida e com um cabelo tão preto que parecia a Cinderela, não fora ser magra e ossuda e dona de uma voz fininha de gata brava. O desejo de viver das quatro era tão grande que nunca poderiam ser princesas mas o cruzamento desse desejo com a inocência e a crença no seu poder de mulheres jovens, fazia delas seres com asas e olhos mágicos, em tudo personagens de contos fantásticos. O rapaz seguia-as com se a luz delas o pudesse iluminar também.

Os cinco teciam cumplicidades, trazendo confidências para o crepúsculo, enquanto a água para o chá fervia. Quando não falavam sobre o passado, não desenhavam o presente, imaginavam formas de no futuro nunca mais se separarem. As princesas e o princípe só queriam, por ora, o toque leve da brisa no rosto a anunciar a Primavera.

Isto foi antes da chegada do segundo Verão, porque o primeiro suportaram-no bem, molhando nas fontes da cidade os seus lenços bordados de cerejas para com eles humedecerem os lábios secos.
(cont)
~CC~

5 comentários:

Vieira Calado disse...

Já aprendi alguma coisa.
Conhecia de nome...
agora conheço... em pessoa.
Obrigado

Anónimo disse...

De onde lhe vem (tanta) inspiração?

Madalena

isabel mendes ferreira disse...

e nada de Artemísia?

(sorriso...terno).



Princesa II.


volto.

para seguir...o caminho aqui é de musgos..

CCF disse...

Vieira Calado, prazer em conhecer:)Ainda por cima vindo de um lugar de que eu gosto tanto.

Madalena, a inspiração vem das princesas que conheço...! Beijo


Isabel, musgo é a palavra certa!
Obrigado pela atenção.

~CC~

isabel mendes ferreira disse...

eu é que agradeço.


a claridade.


________
!!!