quarta-feira, outubro 19, 2011

Até Viana

Vou atravessar o país até bem longe do meu Sul. Quero ver como estão os rostos das pessoas além Tejo e além Douro. Que bom que o trabalho me conduz para fora das minhas próprias angústias, das minhas paredes.

Vamos ver se além das sombras deste tempo lhes passa também nos olhos a luz do Outono.

O resto vai comigo, a inevitável tristeza de ver o Verão findar.

~CC~

2 comentários:

deep disse...

Boa viagem para norte. Abraço. :)

IMaria disse...

muito bom podermos saltar os muros das nossas barreiras e vermos o outro lado das gentes.