domingo, outubro 24, 2010

Domingo mais

A menina procura na praia os caranguejos já mortos, esses que não a assustam. O rapaz pequenino empurra o seu grande camião e enche-o de areia muito devagar, desistirá a meio porque logo se levanta o avião, o barco arranca com barulho, e a sua atenção flutua pelo mundo. Os jornais ficam por ler sobre a mesa dos adultos, porque o sol é mais forte e teima em nos abençoar com a sua luz, soltando palavras triviais. Ser feliz é por momentos este não dar conta de nada, só da carícia de uma mão, ora grande, ora pequenina, agarrada à nossa.

Tudo parece estar às vezes no lugar certo, como se a tranquilidade fosse chegar assim suave para me trazer descanso de todas, de tantas lutas.
~CC~

4 comentários:

Leonor disse...

Que serenidade se respira neste post.

fallorca disse...

:)

jmm disse...

:)

Maria Ana disse...

A felicidade é isso...
Pequenos momentos de tranquilidade
suave...
O aconchego do sol acariciando-nos
a face...
As carícias de quem nos quer bem...
O descanso depois de tantos combates...
:)