quinta-feira, junho 25, 2009

Insuficiente

Espreita dentro de mim a Vanessa à espera que lhe conte o resto da história. Espreita um longo poema Almar que deixei a meio. Espreitam as memórias da adolescência atormentadas por verem a luz do dia, como se depois disso, se pudessem aquietar no silêncio interior. Espreitam todas as pessoas que vivem dentro de mim, esperam o tempo que não tenho, que não lhes dei, que nunca lhes dei em dose suficiente. Ligam-me pessoas que não sei quem são, dizem nomes e que algures se cruzaram comigo, há qualquer pedido que têm a fazer-me e que acrescento à longa lista de coisas que não cumpri, que nunca cumprirei. Deixam-me mensagens a pedir que comente um inquérito com resultados surpreendentes sobre os jovens e a escola, como não me apetece surpreender-me, espero que se esqueçam de mim e não ligo ao número que ficou registado. Enviam-me mails de despedida que me fazem chorar e não sou capaz de lhes responder. Há muito que desejo passar despercebida num certo lugar, que se esquecessem da minha existência, desejaria mesmo que não estivesse sempre a pronunciar alto o meu nome, que me de deixassem em paz como eu os deixo em paz.

Enfim, há muito que sei, que tirando meia dúzia de coisas, tenho nota insuficiente nas outras todas.
~CC~

6 comentários:

Cristina Gomes da Silva disse...

O tempo hoje está nublado, para essas bandas! Aligeira lá a carga, rapariga, as coisas às vezes são mais fáceis do que parecem. Descomplica, descomplica.

deep disse...

Não estarás a ser muito exigente contigo? Decerto que os aspectos positivos suplantam os negativos.

Tens que pensar que essa onda de pessimismo passa e dias melhores virão.

Bjs :)

CCF disse...

Meninas, não é pessimismo, só a constatação de uma atroz falta de tempo... que se acumula sobre mim há anos e me vai impedindo de fazer coisas que quero e gosto, de corresponder a pessoas que mereciam outro tratamento, outra resposta.

Bom, e um cansaço de certas pessoas sim, então...vocês também não têm umas bruxinhas por perto?! Elas às vezes não parecem capazes de êxito?! Há por aí de tudo e umas calham-nos na rifa...

Beijinhos às duas e obrigado.

~CC~

*JjS* disse...

Excelente. Digo eu que sou teimoso.
O mundo é maior que o tempo que temos para ele e as coisas todas que fazes e bem mostram que não estarás assim tão devedora.
Beijo
*jj*

JvT disse...

Desde que te conheço, desculpa que te diga, estiveste insuficiente apenas uma vez: na tua auto-avaliação neste post!

Excelente, confirmo eu! Os melhores são sempre os mais modestos!

Um beijo grande
João

claudiafiel disse...

Isso é que era bom.
Não deixo não. Vou sempre chamar-te MANA :)