domingo, junho 15, 2008

Este Domingo


Porque hoje é Domingo e a tua voz só ecoa no telefone em vez de acariciar a minha pele, não é afinal um Domingo verdadeiro, sabe a estufa como a fruta que nos chega fora do tempo. Esse é o desconforto inicial da tua ausência. Sinto este domingo sem ti muito grande, como se eu fosse ainda adolescente, como se as férias de Verão fossem ainda os três meses que eram naquele tempo, ou então como se fosse já velha e o tempo me sobrasse porque todas as tarefas essenciais estão feitas e só sobra o acessório.


Sei porque não estamos juntos e sei como devo ocupar este tempo. A tua ausência é feita para que eu ocupe todo o tempo que me tomas com as tarefas a que me costumas roubar: a limpeza da casa, a troca das roupas Verão-Inverno, a sopa para a semana, os mais de 50 trabalhos escolares à espera das notas a verde, a comunicação para o colóquio, a escrita da tese que se atrasa todos os dias mais e mais, os dois relatórios de projectos cuja data de entrega já passou. Em vez disso, ocupo o tempo a pensar na tua ausência e na solidão que me toma hoje e no gosto a que ela me sabe e consigo passar do desconforto inicial de me saber sem ti a um conforto vagoroso e lento. Sinto-me um gato deitado ao sol, uma papoila a saborear o vento no alentejo, uma andorinha a debicar por horas e horas a água de um leito do rio. Não devia ser nada disto, mas é.


Gosto que a minha vida seja assim não obstante desejar que ela seja tantas vezes uma outra coisa. Gosto de sentir este dia sem vozes, preciso dele para cortar os dias e dias em que elas transbordam perto de mim. Deixo-me ficar bem neste silêncio que mais logo, mais adiante, será já saudade.


~CC~

9 comentários:

*JjS* disse...

Fruta da época.
Beijo
*jj*

Anónimo disse...

Sabe, foi um sarilho encontrá-la aqui, vai- me desculpar, mas não me lembrava de si ... andei e andei , e fui ao blogue da CGS, e muito lentamente se me fez luz,... Você é uma colega dela , não é ?
Muito obrigado , pelo comentário que fez »no margens» , blogue que é de todos os que participaram na III Bienal de poesia, por isso não comentei lá, ou seja não lhe agradeci a leutura , foi pena só ter lido um poema , há muito boa poesia lá.... Lá só respondo uma vez ou outra a desconhecidos, quando não apresentam blogues , mas nem isso faço sempre, pois não é meu hábito... de qualquer das formas , os ecos que recebe são da zona onde trabalha , e que eu ouvi na infância por velhos.... Passe sempre, e desculpe esta minha falta de memória.
Cordialmente
José Ribeiro Marto

CCF disse...

JJS, erraste na profissão :)))

Deixe lá, eu é que tenho memória de elefante :) Já fui lá uma vez antes e comentei um outro poeta de que gostei muito. Além disso gosto muito de Silves, é um sul muito particular. Abraço
~CC~

JPN disse...

que linda forma de preencher uma ausência...

[zé marto, quero saber onde é que é esse "teu" blogue. abraço]

CCF disse...

JPN, duvido que ele volte aqui. Vai lá ler, tem uma poesia muito original, diferente.
http://margensdapoesia.blogspot.com/
Abraços para ti.
~CC~

Anónimo disse...

Bem... agora deu-me mesmo vontade de rir!:))))))) e também de lhe dar um abraço e um beijinho e dizer que gosto tanto de si...

... a Eunice... ia gostar da parte de ser uma papoila ao sol do alentejo... :P

beijo...
Madalena.

Anónimo disse...

Como poderia ter pensado que eu não voltaria, agora que já estou referenciado:... Saiba que é sempre um prazer ler os seus textos... Não os comento , mas fico a pensar muito no que diz , e no que me dizem ! Eu leio sempre tudo com muita atenção , tenho o defeito ou virtude, memória de elefante, tal como você... Obrigado pelos comentários, são temas simples como aponta , porque eu não sei escrever as golfadas... Palavras golfas...
Boa escrita!
Cordialmente
José Ribeiro Marto

Ps além disso tem sempre o profanus , já não digo para ler JRM mas os seus próprios comentários , ccf

CCF disse...

Pois JRM, eu sou assim, deixe lá...obrigado.
Mas o Profanus não está activo pois não?! Abraço,
~CC~

Anónimo disse...

Mas que incómodo o seu, dar-se ao trabalho de me responder, só lhe disse que a lia , é porque o faço... Mas, você é assim como disse, e respondeu , nada a fazer...
O profanus está sempre activo ; ah você não sabia, além do mais só lhe recomendei a leitura dos seus comentários , minha amiga , para matar saudades...
Cordialmente e fique bem!
Seu
JRMarto