domingo, outubro 21, 2007

Esperança

É Outono Outubro deste lado do Equador. Pergunto pela esperança. E depois ando pela praia para cá e para lá. Está tanto calor que é possível tirar a roupa e entrar no mar. A água quente e as ondas quase nulas desmentem o tempo do calendário, é bom deixar o corpo seguir a água. Das muitas conchas na areia escolho uma para trazer, escolho-a pelos seus muitos veios rosa. Gosto sempre de trazer uma concha para casa.~CC~

2 comentários:

JS disse...

Riscar a giz a marca neste Outubro de revoluções consentidas
E lembrar sempre a água que abraça o corpo e se deixa abraçar
Conchas e veios rosa e água de rosas
Aconchego essa esperança

CCF disse...

Obrigada pelo aconchego. Vou ligar a Ardósia ao teu lugar virtual no mundo.
~CC~